A verdade do arroz

Arroz Dubom …está dito.

Para consultar a ficha técnica de cada produto basta clicar sobre a respectiva imagem.

O arroz da marca Dubom caracteriza-se por ser oriundo das melhores variedades de arroz do mundo. O arroz é cultivado em 112 países e existem cerca de 140 mil espécies de arroz. Conhecendo as preferências e exigências dos consumidores a Álvaro Borges seleccionou os três tipos de arroz mais usados na cozinha portuguesa, garantindo sempre um arroz com uma cozedura uniforme. (+)

Disponível nos tipos: Arroz Agulha, Arroz Carolino, Arroz Vaporizado

Arroz Agulha com origem nos países equatoriais e do hemisfério sul caracteriza-se pelo grão branco, fino e comprido. De rápida cozedura resulta num arroz de sabor neutro, inteiro e solto. Ideal para acompanhamentos e saladas.

Arroz Carolino, um tipo típico da culinária portuguesa, caracteriza-se pelo grão branco, longo e largo. É ideal para os pratos tradicionais portugueses de arroz solto ou com caldo, pois durante a cozedura absorve o sabor dos condimentos e alimentos com que é cozinhado.

Arroz Vaporizado caracteriza-se pelo grão de tom dourado, fino e comprido. Um arroz firme, que permanece solto mesmo após a preparação e que suporta o reaquecimento. É ideal para a hotelaria e restauração.

Apresentam-se em embalagem de polipropileno de 1Kg, disponíveis em pack de 6kg ou 10Kg.

Arroz Gordo (Macau)

Arroz Dubom Agulha 750g
Cebolas 2
Frango 1
Ovo cozido 3
Carne de porco 175g
Passas 50g
Vitela 250g
Sultanas 50g
Chispe pequeno 1
Cubos de pão frito q.b.
Tomate ½ kg
Banha 2 c. de soupa
Sal, pimenta e louro q.b.
Azeitonas, a gosto


Preparação:
Temperam-se as carnes com sal, pimenta e louro. Refogam-se as cebolas e o tomate picados numa colher de sopa de banha e deixa-se apurar.
Salteiam-se na restante banha as carnes, junta-se água quente até cobrir e coze-se em lume brando (faz-se o mesmo ao chispe, mas à parte).
Tiram-se as carnes com o respectivo molho e, no mesmo tacho, frita-se o arroz, junta-se de novo o caldo e corrige-se a quantidade do líquido necessária para cozer o arroz. Quando estiver cozido, junta-se o refogado e as carnes, mistura-se e deixa-se apurar um pouco.
Guarnece-se com o ovo cozido, as passas e as sultanas, o pão frito e as azeitonas.

De:
Rui Rocha
A viagem dos sabores

Ensaio sobre a história da alimentação (Séculos IX-XIX) seguido de 100 receitas em que vários mundos se encontram.

Edições INAPA 1998
Pavilhão de Portugal Expo 98 Lisboa.

Arroz de lambuginhas c/ feijão branco

Para 3 pessoas

200 gramas de arroz Dubom Carolino
1 kg de lambujinhas
2 cebolas picadas
4 colheres de sopa de coentros frescos
Azeite q.b.
3 dentes de alho picados
1 copos de vinho branco
1 folha de louro
½ lata de feijão branco
25g de manteiga
Sumo de limão a gosto
Cabeças de peixe


Prepare um caldo de peixe com cabeças de peixe, 1 cebola, coentros e louro.
Na cataplana aqueça o azeite e junte 1 cebola pecada, 1 dente de alho esmagado e talos de coentros.
Adicione as lambujinhas, ½ copo de vinho branco e tape durante 2 a 3 minutos.
Escorra as lambujinhas, coe e reserve o suco, e retire o miolo.
Faça um refogado c/ 1 cebola, 2 dentes de alho picados, talos de coentros picados e 1 folha de louro.
Acrescente ½ copo de vinho branco.

Frite o arroz no refogado, adicione 3 partes de caldo de peixe para 1 de arroz para o arroz ficar caldoso. Junte ½ lata de feijão branco e assim que levantar fervura, tape e aguarde 10 minutos.
A goma do feijão vai soltar-se.
Junte o miolo e o suco das lambujinhas, uma boa quantidade de coentros picados e um cubo de manteiga. Envolva bem.
Finalize com algumas gotas de sumo de limão a gosto.

[Observação do Chefe: Sirva assim que terminar de confeccionar o prato para não deixar o arroz abrir e empatar.]

[Não tempere o arroz c/ sal, o caldo de peixe e o suco das lambujinhas já têm sal. Prove antes.]

Em: Henrique Sá Pessoa – Ingrediente Secreto 2
Casa das Letras.

Arroz de Vegetais

6 a 8 Pessoas

300g de arroz Dubom vaporizado
300g de cebolas
3 dentes de alho
1 tronco de aipo
250g de cenoras
300g de cogumelos de Paris
1,5dl de azeite
2,5 vezes o volume do arroz, em água
1 colher de chá de pimenta moída
250g de ervilhas
Sal q.b.


Descasque e pique a cebola para um tacho com azeite juntamente com os alhos espremidos e o aipo às rodelinhas, previamente lavado e limpo de fios. Lave e fatie os cogumelos e descasque e corte as cenouras em cubinhos.
Leve ao lume com todos os vegetais arranjados (à excepção das ervilhas) e vai-se mexendo com uma colher até quase todo o líquido se evaporar. Acrescente o arroz, mexa e deixe secar e tomar uma leve cor.
Passados minutos deite a água a ferver temperada de sal.
Quinze minutos depois tempera-se de pimenta, rectifica-se o sal, juntam-se as ervilhas escorridas e previamente cozidas em água fervente com a panela destapada.
Apague o lume e deixe terminar com o tacho tapado em cima do fogão pelo menos mais 5 minutos.

Em: Casa de Comida